Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/06/20 às 16h00 - Atualizado em 1/06/20 às 17h58

Rede Metropolitana – GDFNet

A GDFNet é a rede corporativa metropolitana de comunicação de alta velocidade dos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Distrito Federal, que interliga as unidades administrativas e unidades operacionais, permitindo a comunicação e a troca de informações seguras entre si e com o CeTIC-DF e acesso aos sistemas corporativos e à rede mundial de computadores.

Provendo aos órgãos conectados a comunicação de voz, dados e imagem com capilaridade, qualidade, baixo custo e com grau de segurança adequado, de forma a suportar as demandas atuais e novos projetos de Governo Eletrônico e das políticas públicas finalísticas de todos os órgãos distritais.

A maior parte da infra-estrutura da GDFNet é composta por fibra ótica, que é o meio pmais adequado para implementação de uma rede de comunicações metropolitana de alta velocidade.

Por meio dessa malha ótica, a rede GDFNet atende cerca de 350 endereços públicos como hospitais, UBS’s, escolas, delegacias, quartéis da PMDF e CBMDF, agências do trabalhador, Sedest, Detran, Na Hora, Presídios, DFTrans, agências da Receita do DF, dentre outros e atualmente tem aproximadamente 550 quilômetros de rede ótica própria.

 

 

Com o crescimento da demanda dos órgãos do Distrito Federal por conectividade à rede GDFNet, para alguns desses órgãos não há viabilidade técnica para serem atendidos por links de rádio ou fibra ótica.

Entretanto, visando garantir para esses entes governamentais conexão ao CeTIC-DF e acesso aos sistemas corporativos do GDF e à internet, até que sejam atendidos por links de rádio ou fibra ótica, a solução encontrada foi a utilização da tecnologia MPLS (Multiprotocol Label Switching).

Para utilização dessa tecnologia e a consequente expansão da rede GDFNet, fez-se necessário a contratação de serviços de transmissão de dados, sob demanda, utilizando a tecnologia MPLS, buscando desta forma otimização dos recursos públicos, eficácia dos princípios constitucionais da isonomia e legalidade, a economicidade e eficiência em favor do erário.

Atualmente o segmento de MPLS atende à 270 (duzentos e setenta) unidades governamentais distribuídas nos seguintes Órgãos do Governo de Brasília:

  • Administrações Regionais de Brasília; Bibliotecas Públicas;
  • Companhia Energética de Brasília – CEB;
  • Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil – NOVACAP; Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal – CBMDF;
  • Defensoria Pública do DF – DPDF;
  • Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal – EMATER-DF; Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso – FUNAP-DF;
  • Jardim Botânico;
  • Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural – SEAGRI; Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social – SSP;
  • Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa – SECEC; Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDES;
  • Secretaria de Estado de Economia – SEEC;
  • Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania – SEJUS;
  • Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do DF; Secretaria de Estado de Saúde -SES;
  • Secretaria de Estado de Trabalho – SETRAB;
  • Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal – SLU; Secretaria de Transporte e Mobilidade – SEMOB.

Com o intuito de diminuir de forma significativa os custos de construção de infraestrutura, lançamento e manutenção dos cabos óticos           da GDFNet, e aumentar a cobertura da rede, possuímos vários acordos técnicos com outros entes governamentais para o compartilhamos de infraestrutura:

 

COMPARTILHAMENTO

Com o intuito de diminuir de forma significativa os custos de construção de infraestrutura, lançamento e manutenção dos cabos óticos           da GDFNet, e aumentar a cobertura da rede, possuímos vários acordos técnicos com outros entes governamentais para o compartilhamos de infraestrutura:

  • CEB – compartilhamento de dutos e postes de concessionária de energia elétrica;
  • Metrô – DF – compartilhamento de dutos;
  • Gigacandanga – compartilhamento da infraestrutura fisica;
  • e Infovia Brasília – compartilhamento da infraestrutura fisica;